23Outubro2017

SINDCONAM-RN

Governo Brasileiro, Coordenação do SAMU 192 RN, e empresa JMT SERVIÇOS, foi denunciado a OIT em Genebra(Suíça) pelas práticas antisindicais com a Direção do SINDICONAM-RN

O SINDCONAM-RN representou neste mês de junho de 2016, na forma de reclamação que deverá ser encaminhada ao Comitê de Liberdade Sindical da Organização Internacional do Trabalho, em Genebra, contra a República Federativa do Brasil-Membro da OIT- sobre as atitudes e posturas antisindicais praticadas pela Coordenação do SAMU-RN e a empresa JMT SERVIÇOS LOCAÇÃO DE MÃO DE OBRA. 

De modo, o SINDCONAM-RN visa preservar e garantir o direito a liberdade sindical dos condutores de ambulâncias do SAMU-RN, que está sendo cerceado pela autoridade administrativa do Estado (Coordenação do SAMU-RN) e empresa JMT SERVIÇOS LOCAÇÃO DE MÃO DE OBRA.

O SINDCONAM-RN denuncia portanto ao Diretor da OIT no Brasil, Peter Poschem, a omissão do Governo Brasileiro no combate as condutas antisindicais promovidas pela Coordenação do SAMU-RN e empresa JMT SERVIÇOS LOCAÇÃO DE MÃO DE OBRA, dentre esses atos demissões, discriminação sindical e cerceamento do direito as atividades sindicais. 

A representação pede a condenação da República Federativa do Brasil, no âmbito da OIT, a adoção de medidas concretas no sentido de coibir a pratica dos sobreditos atos antisindicais por parte da Coordenação do SAMU-RN e da empresa JMT SERVIÇOS LOCAÇÃO DE MÃO DE OBRA, assegurando mecanismos que garantam cumprimento dos direitos constantes da Convenção 98 da OIT ratificada pelo Brasil. 

 
- Comunicação -